Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Confiança...


Todos carregam defeitos, problemas, bloqueios, tristezas, inseguranças e fragilidades. Independente disso podemos ofertar algo de muito especial às outras pessoas, mesmo quando enfrentamos as nossas lutas íntimas: Confiança. Essa é a moeda que mais valoriza no mercado!!! 

- Lígia Guerra -


domingo, 23 de abril de 2017

Relacionamentos verdadeiros...



Relacionamentos verdadeiros não nos agridem. Eles podem gerar algum grau de desconforto porque nos fazem rever posturas, mas certamente nos transformam em pessoas melhores. 

Agora, se você sempre se machuca ou percebe que as suas caraterísticas mais negativas são reforçadas ao lado de alguém, é bem mais provável que você esteja compartilhando de uma doença do que de um afeto. 

Estar com alguém é diferente de crescer com alguém... 
E todo amor traduz evolução. 

- Lígia Guerra -

Depressão - A escuridão que trapaceia a vida!



Perder as pessoas que amamos sempre é um processo doloroso, mas perder pessoas que poderiam ter sido salvas é devastador! A depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo todo e ela é uma das principais causas do número absurdo de suicídios que enfrentamos todos os anos. São quase um milhão de sonhos roubados. Para aqueles que me dizem que depressão é frescura, eu sempre respondo: “Espero que você não aprenda sobre a seriedade desse quadro, sofrendo a perda de alguém que é muito importante para você desse modo.” Quando a morte acontece longe de nós, ela é uma estatística. Quando ela rouba uma vida que habita o nosso coração, ela é uma tragédia. O que compete a cada um de nós é prestar atenção às emoções disfuncionais dos nossos amigos e familiares… Nos seus silêncios que gritam e nas suas palavras que não conseguem mais disfarçar o desencanto pela vida.

O melhor tratamento é sempre o preventivo. Para isso:

* Desconstrua o seu preconceito. Reconstrua os seus laços.
* Troque a indiferença pela escuta e a crítica pelo conhecimento. Entenda que aquele que parte não queria ter abandonado a jornada no meio do caminho. O que ele não encontrou foi uma forma de lidar com a sua dor emocional que era legítima e o tragou. Estenda a mão. Afine a sintonia. Não subestime sinais.
* Quando a sua intuição acender a luz vermelha, não ignore!
* Quando alguém estiver tentando chamar a sua atenção… Dê atenção! É simples, não dói e salva!
* Se o tom das brincadeiras mudar e uma agressividade ou isolamento incomuns surgirem, dialogue.

Busque ajuda psicológica e médica. Ninguém deve se sentir na obrigação de resolver tudo sozinho. Quem convive com o depressivo também precisa de suporte para aprender a lidar com a situação que na maioria das vezes exigirá profundas mudanças na dinâmica familiar e na forma de lidar com o meio social.

Toda vida vale muito, a minha, a sua, a nossa. Vamos somar forças nessa rede de apoio e esvaziar essas estatísticas cruéis. Cada coração que deixar de bater, apaga uma luz no mundo. Vamos cuidar com muito amor dessa rede de energia.

- Lígia Guerra -

 Psicanalista, escritora e parceira da vida.

domingo, 16 de abril de 2017

Papa Francisco e o Poder do Perdão...

Todos nós podemos ser sol, farol, calor, luz, felicidade, esperança e amor. Por isso jamais devemos esquecer a importância de fortificar essa cadeia de energia e de nos contagiar de boas vibrações. Aproximarmo-nos daqueles que realmente fortificam essa sintonia. 

Nesse domingo de Páscoa compartilharei um texto de uma alma muito especial que sempre me abastece com as melhores emoções, a do Papa Francisco: 

“Não existe família perfeita. Não temos pais perfeitos, não somos perfeitos, não nos casamos com uma pessoa perfeita nem temos filhos perfeitos. Temos queixas uns dos outros. Decepcionamos uns aos outros. Por isso, não há casamento saudável nem família saudável sem o exercício do perdão. 

O perdão é vital para nossa saúde emocional e sobrevivência espiritual. Sem perdão a família se torna uma arena de conflitos e um reduto de mágoas.Sem perdão a família adoece. 

O perdão é a assepsia da alma, a faxina da mente e a alforria do coração. Quem não perdoa não tem paz na alma nem comunhão com Deus. A mágoa é um veneno que intoxica e mata. Guardar mágoa no coração é um gesto autodestrutivo. É autofagia. 

Quem não perdoa adoece física, emocional e espiritualmente. É por isso que a família precisa ser lugar de vida e não de morte; território de cura e não de adoecimento; palco de perdão e não de culpa. 

O perdão traz alegria onde a mágoa produziu tristeza; cura, onde a mágoa causou doença.” 

Esse exercício de desprendimento nem sempre é fácil, mas certamente vale cada esforço dedicado a ele, fortalece a musculatura do coração e amplia o fôlego da alma. 

Que as nossas luzes se fortifiquem. 


Feliz Páscoa meus queridos!!! 

- Lígia Guerra - 


** Imagem do Papa Francisco / Pensamento de Lígia Guerra.

A mensagem...

 
Acredito que todos nós já tivemos o nossos dias de dúvidas…. Momentos em que nos sentimos abandonados, revoltados, tristes e que nos tornamos árduos questionadores da fé, das crenças e do sentido da vida.

Compreendi que isso não é ruim, é sinal de amadurecimento, uma forma de construir a fé raciocinada e não apenas a herdada. Esse caminho é que nos vincula a Deus de forma realmente especial.

Assista... Entenda... Sinta!

Reflita sobre a mensagem que Jesus deixou para nós. Ela vai além, muito além do óbvio, trilha os caminhos árduos da vida para chegar ao nosso coração. Mas quando nele se adentra, tudo se ilumina de modo incomum. A paz se faz.

- Lígia Guerra -


sexta-feira, 14 de abril de 2017

Protagonizar...


E a minha floreira que começou a festejar a vida timidamente com uma corajosa desbravadora das cores .... Fez o meu dia começar ainda melhor vendo a força que ela inspirou nas suas parceiras! 

O primeiro passo... O primeiro a desabrochar... O primeiro a acreditar... Aos pouquinhos e sem pressa podemos transformar tudo que nos circunda e interage com a nossa energia. 

Que nessa sexta-feira tão especial possamos refletir com mais consciência sobre a nossa protagonização no mundo. 

Um grande abraço queridos!!! 

- Lígia Guerra - 🔆




Precisa usar as suas duas asas para ser feliz. Existe uma lenda indiana que provoca uma instigante reflexão sobre a liberdade. 

“Era uma vez, um certo mercador que possuía um papagaio preso em uma gaiola. Um dia, estando de partida para a Índia tratar de negócios. Dirigiu-se ao pássaro e lhe disse: 

- Estou viajando à tua terra natal. Tens alguma mensagem que desejas enviar aos teus parentes de lá? 

- Diz-lhes simplesmente que estou vivendo numa gaiola. Ao voltar da viagem o mercador disse ao papagaio: - Sinto dizer-te que quando encontrei os teus parentes na floresta e lhes contei que vivias engaiolado; a comoção foi forte demais para um deles, pois mal ouviu a notícia, caiu do alto do galho onde se achava. Sem dúvida, morreu de tristeza. 

No mesmo instante em que o mercador terminou de falar, o louro caiu duro no chão da gaiola. Penalizado o mercador tirou o papagaio da gaiola e o colocou do lado de fora, no jardim. 

Então, o louro que havia recebido e compreendido a mensagem subliminar transmitida pelo amigo, imediatamente levantou, bateu asas e voou para longe, muito longe… Completamente fora do alcance do mercador." 

O amor para crescer vigoroso, forte e pleno, não pode ficar aprisionado na gaiola do ciúme, da posse ou do controle. 

Quer viver um sentimento correspondido? Invista na confiança e valorize os sonhos do seu companheiro. 

 - Lígia Guerra -


Palestra para Exxon São Paulo...


Palestra para esse maravilhoso time de líderes da Exxon
 Unidos somos muito mais fortes. 
Unidos somos transformação! 

- Lígia Guerra -




Pérolas...


Como você reage diante das situações? 
É aquele que incendeia mais os conflitos ou aquele que ajuda a equilibrar as situações? 
Produz pérolas ou lixo? O que as suas atitudes contam sobre você ? 

- Lígia Guerra -


Recursos de Avaliação Emocional...

Recursos para fazer uma autoavaliação e um bom diagnóstico sempre que necessário. Porque o autoconhecimento e o conhecimento alheio sempre nos ajuda a repensar atitudes e escolhas. 

- Lígia Guerra - 🔆


Terra e Céu...


Todos querem crescer e ser reconhecidos, mas nem todos querem carregar o peso das responsabilidades, da agenda cheia, das exigências, do cansaço, das cobranças, dos finais de semana roubados e da necessidade do auto aprimoramento. 

Quem deseja sentir as delícias dos voos… Precisa compreender a importância dos pousos. Nem sempre estaremos no céu… São nos momentos em trânsito na terra que fortificamos nossas asas. Terra e céu comungam força! 

- Lígia Guerra -


domingo, 9 de abril de 2017

O que você percebeu?


Entre os alunos não faltaram piadas porque ela havia errado o *9x1= 7*, sendo que a resposta certa é o número 9. 

Todos riam debochadamente da professora. Então… Ela esperou todo mundo se acalmar e disse: “É assim que você é visto na vida. Errei de propósito pra mostrar a vocês como o mundo se comporta diante de algum erro seu.” 

Quantos de nós agimos assim? 
Quantos de nós somos tratados assim? 

Acredito que devamos repensar sobre os nossos cálculos emocionais. É interessante como não precisamos ensinar as pessoas a se odiarem… Mas como precisamos ensinar as pessoas a se amarem, não é mesmo? 

 - Lígia Guerra -


quarta-feira, 8 de março de 2017

Feliz Dia da Mulher!!!


A partir de hoje, saiba que cada vez que você me encontrar rindo sozinha, de bermuda e de chinelos, cantando para o céu e com os cabelos abraçando o vento, saiba que não enlouqueci. Pelo contrário. Certamente estarei saboreando um momento de descoberta, desapego, revolução ou simplesmente comemorando alguma alegria ‘boba’ que por sinal são as melhores! 

Essa é a lei da vida... Sempre estará mais desarrumada aquela que se tornar amante da vida… Brincar na montanha russa. Passear de bicicleta. Correr descalça com os filhos. Tomar banho de mangueira. Ter uma deliciosa tarde de paixão! Nós mulheres, infelizmente, sentimos uma compulsão pela perfeição, mas ela não atrai felicidade. As regras são muitas: Arrume o cabelo. Use salto. Roupas de bolinhas são proibidas para gordinhas. Mulher competente usa roupas sérias. Oi? O pior é que esse “mantra da perfeição” é transmitido de forma oral de geração para geração. Compre, corra, emagreça, coma apenas coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria, olhe a postura, trabalhe e ganhe o mundo. Tenha sucesso, muito sucesso! 

Embora ninguém te explique muito bem do que se tratam todas essas ‘conquistas’. 

O fato é que ninguém nos diz: Seja feliz!!!!! Por isso aqui vai a minha recomendação para todas as mulheres: Rasgue o seu documento de escravidão. Alforrie-se! Entregue-se. Delicie-se. Coma o seu prato preferido. Abrace muito e beije ainda mais. Dance. Apaixone-se. Relaxe. Durma sem culpa. Acorde com vontade. Brinque. Sorria, nada é mais sedutor do que isso. Arrume-se, mas quando desejar e para se sentir bem consigo mesma. Tenha uma crise de amnésia quando as lembranças ruins insistirem em visitá-la. Não guarde mágoas, guarde grana para viajar. Guarde boas lembranças. E quando a vida quiser tirar o seu fôlego, abalar as suas certezas ou simplesmente acariciar os seus cabelos e deixá-los bagunçados ... Aproveite! 

- Lígia Guerra -


"22 Encontro da Mulher Empresária de Catanduva."

IMG_4370  

Foi uma honra palestrar para mais de 200 empreendedoras de uma cidade linda e comprometida com a sua população que me recebeu como “alguém de casa”.

Agradeço a todos os organizadores, especialmente ao Sr.Ivo Pinfildi Junior e a Sra. Maria de Lourdes Serpa Dalto pelo convite e carinhoso acolhimento. Agradeço a cada uma das participantes e dos participantes por compartilharem a sua noite e as suas vivências comigo.

Deixo o meu abraço carinhoso a todos!!!


- Lígia Guerra -

0

1


IMG_4363


IMG_4339


IMG_4407

segunda-feira, 6 de março de 2017

Reaprendemos a aprender...




Quantas vezes ficamos angustiados diante de situações que julgamos ser um ponto final no nosso caminho da felicidade? Um problema de saúde, um amor que finda, um ente querido que parte ou uma drástica mudança financeira que rouba nossos esforços. Padecemos, sofremos e choramos. Sim, temos que atravessar as fases sombrias da alma para poder reencontrar a luz. 

Nessa passagem nos damos conta que temos amigos muito queridos que nos estendem as mãos; entendemos a dimensão da nossa fé; compreedemos que conviver com algumas pessoas, mesmo que por um tempo limitado , foi um privilégio, uma oportunidade abençoada; abandonamos algumas ilusões para compreender o verdadeiro sentido da felicidade. 

Quando nos damos conta transformamos as lágrimas em estrelas do caminho e a dúvida em autoconfiança. Deixamos de enxergar um estranho no espelho e descobrimos o autêntico sentido da autoestima... contar consigo mesmo em qualquer situação. Percebemos que muitas situações da vida são muito diferentes do que gostaríamos e que justamente por isso são tão importantes. 

Reaprendemos a aprender

- Lígia Guerra -