Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 3 de setembro de 2017

Férias...

Amados, estarei em férias entre 4 de setembro e 4 de outubro.

Vocês podem viajar comigo pelos canais abaixo...








https://www.instagram.com/ligiaguerrapsicanalista

https://www.instagram.com/ligiaguerrapsicanalista 

Estarei descansando e compartilhando momentos de reflexão nessa nova jornada que se abre a partir de amanhã.

Deixo um abraço carinhoso a todos!!!

*Lígia Guerra*


A grande sabedoria da vida...


Você fica remoendo as críticas que recebe? Então pense: De qual pessoa elas vêm? De alguém resolvido que deseja te ajudar ou de uma pessoa que mal possui recursos emocionais para administrar a própria vida? Ao invés de ficar preso àqueles que te puxam para trás... que tal prestar atenção àqueles que realmente sabem caminhar para frente? 

Muitas vezes a grande sabedoria da vida consiste em saber escolher em quem de fato devemos nos inspirar. 

Reflita sobre isso e escolha bem com quem soma a sua luz. 

*Lígia Guerra*



Você é a cura!!!


Todos somos um pouco Deus na medida em que nos dispomos a partilhar a luz que carregamos. Todos nós somos curadores quando ofertamos amor. 

Essa roda da vida é de uma beleza incrível!!! Algumas vezes estamos na parte de cima e noutras estamos na parte de baixo... mas isso é bom! 

Aprendemos a humildade e a autoconfiança na mesma proporção. 

Compreendemos que a existência é uma troca contínua na qual todos devem disponibilizar os seus talentos para os demais. 

 Cure! 

*Lígia Guerra*




LIVE: Como enfrentar os nossos medos de cada dia?



Inscreva-se no meu canal, você é muito bem vindo!!! 


Um grande abraço!!!

*Lígia Guerra*

Setembro Amarelo...


Perder um ente querido já é uma dor imensa, mas perder quem amamos pelos caminhos do suicídio é ainda mais doloroso! O impacto é infinitamente maior!!! Além da tristeza da perda é preciso lidar com o sentimento de impotência. 

Vamos ficar com os olhos e o coração bem abertos... Normalmente as pessoas sinalizam que precisam de ajuda. Que possamos ser palavra, afago, acolhimento e luz no momento certo. 

Desejo um setembro iluminado a todos!!! 

*Lígia Guerra*

Encontro 31 de agosto...

Lígia Guerra e Cauã Raymond e Malvino Salvador

No programa dessa semana trabalhamos a questão do Feminicídio, uma violência absurda a qual todas as mulheres ainda estão expostas, mas com a qual não podemos continuar convivendo como normal. A educação para extinção do machismo, mudanças nas leis e a forma que trabalhamos as nossas emoções na sociedade são alguns dos aspectos que devemos transformar urgentemente na sociedade.


Agradeço a companhia de todos.

Unidos podemos ser a mudança que o  mundo precisa!



*Lígia Guerra*

    Lígia Guerra e Fátima BernardesLígia Guerra Encontro Rede Globo


quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Aquilo que deseja para o seu futuro!!!


Quantas vezes você permaneceu em uma situação por mais tempo que gostaria? Muitas vezes ficamos em um emprego pela necessidade financeira, suportamos a negligência de um amigo porque demoramos para perceber uma relação de uso ou alimentamos um relacionamento falido por acreditar que um dia a situação mudará. 

Perceber um problema nem sempre significa que mudaremos o cenário na velocidade que gostaríamos. Mas não fique perturbado porque não encontra forças para mudar a rota da sua vida. A mente tem uma velocidade e o coração tem outra. 

O primeiro passo é se conscientizar para que aos poucos seja possível realizar a mudança transformadora. Muito pior do que se acomodar em situações autodestrutivas é ignorá-las. 

Fortifique-se, inverta o jogo, vire a mesa, revolucione suas escolhas e invista na sua revolução íntima. Só não esqueça que será necessário preparo, tempo e fortificação emocional. 

Não perca tempo lamentando aquilo que não pode ser mudado. Agarre o agora. Cochiche nos ouvidos do tempo tudo aquilo que deseja para o seu futuro!!! 

Lembre-se que o primeiro passo é enxergar. 

*Lígia Guerra*


Refletir sobre a vida...


Quando recebi essa imagem... a reflexão foi inevitável! Como o bom humor nos faz refletir sobre a vida, não é mesmo ? Como as qualidades que exigem transformação psicológica demandam tempo, enquanto que os vícios comportamentais ganham força naturalmente. 


Fique de olho no quarto macaco, pois ele sequestra momentos incríveis da sua história! 

Lembre-se que os três primeiros é que mudam a sua vida para muito melhor!!! 

*Lígia Guerra*

REFLEXÃO SOBRE O AMOR ...




Hoje eu recebi esse vídeo como uma piada, mas fiquei pensando... Sabe o que teria sido muito especial? Se o noivo tivesse se jogado na piscina, envolvido a noiva em um abraço e afirmado que aquele seria apenas ‘um’ dos ‘inúmeros’ desafios que ambos enfrentariam juntos. 

Compartilhar momentos felizes, puxar alguém de dentro de uma piscina ou torcer para que o parceiro tenha forças para enfrentar os seus medos é fácil, mas mergulhar com a pessoa em seus problemas, ser parceiro nos momentos de enfrentar bloqueios, ter empatia e pensar junto é para poucos, bem poucos! Acredito que amar seja isso, despir-se dos medos, dos desejos de perfeição, das idealizações. 

Amar é ser, estar, amparar e abraçar a causa do outro como causa própria. Amar é fazer o amado sentir-se grande mesmo quando os olhos do mundo querem afirmar que ele é pequeno. 

* Lígia Guerra*


segunda-feira, 28 de agosto de 2017

O primeiro passo é perceber ...



Quantas vezes você permaneceu em uma situação por mais tempo que gostaria? Muitas vezes ficamos em um emprego pela necessidade financeira, suportamos a negligência de um amigo porque demoramos para perceber uma relação de uso ou alimentamos um relacionamento falido por acreditar que um dia a situação mudará. 

Perceber um problema nem sempre significa que mudaremos o cenário na velocidade que gostaríamos. Mas não fique perturbado porque não encontra forças para mudar a rota da sua vida. A mente tem uma velocidade e o coração tem outra. 

O primeiro passo é perceber o problema para que aos poucos seja possível realizar a mudança transformadora. Muito pior do que se acomodar em situações autodestrutiva é ignorá-las. Fortifique-se, inverta o jogo, vire a mesa, revolucione suas escolhas e invista na sua revolução íntima. Só não esqueça que será necessário preparo, tempo e fortificação emocional. 

Não perca tempo lamentando aquilo que não pode ser mudado. Agarre o agora. Cochiche nos ouvidos do tempo tudo aquilo que deseja para o seu futuro!!! Lembre-se que o primeiro passo é enxergar. 

*Lígia Guerra*




sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Destino...


A grama mais verde é aquela que você rega. A estrada mais linda é a que você percorre. O homem mais rico não é o que tem mais dinheiro, é o que precisa de menos coisas. 

 O segredo da felicidade é ter o olhar mais sábio diante do destino a ser construído! 

*Lígia Guerra*

💛 AUTOESTIMA 💛


Você acredita que a autoestima simplesmente acontece? Engana-se! Aqui vão algumas dicas para lhe ajudar nesse processo: # Invista na descoberta de si mesmo, reconheça os seus pontos frágeis, não para detestá-los, mas para colocar luz sobre eles ao invés de se vitimizar diante deles. 


#Valorize os seus pontos fortes. O mundo precisa deles! 

# Limite o espaço que concede para as outras pessoas. Analise quem merece compartilhar das suas emoções. 

# Aprenda a falar 'sim' e 'não' com a sabedoria daqueles que sabem o momento de flexibilizar e o momento de se impor. 

# Preste atenção nas suas vontades. Esteja atento para os conselhos daqueles que você tem certeza de que se felicitam com as suas alegrias e sofrem com as suas tristezas. Os demais não passam de espectadores curiosos. 

#Até quando você investirá mais na sua autocrítica do que no seu crescimento? 

#Invista na sua originalidade! Nenhum ser humano nesse universo tem a mesma digital, tampouco a mesma alma. Como afirma Karl Lagerfeld: "A personalidade começa onde a comparação termina.” 

# Preste atenção na sua felicidade! Ela já habita o seu ser. O problema é que ela não encontra espaço para falar porque o mundo de fora… ainda lhe seduz mais… do que o mundo de dentro. 

#Escute-se. Nasça de si mesmo! 

* Lígia Guerra*


segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Evento sobre a “Felicidade”, com: Lígia Guerra, Thalita Rebouças, Bruna Lombardi, Fátima Bernardes e Mariliz Pereira Jorge.

Lígia Guerra, Thalita Rebouças, Fátima Bernardes Mariliz Pereira Jorge

Lígia Guerra, Thalita Rebouças, Fátima Bernardes Mariliz Pereira Jorge2

Compartilho com vocês esse pequeno recorte do evento que aconteceu nesse sábado, dia 19 de agosto, no Teatro Bradesco. Foram duas horas de troca de ideias sobre "a construção da felicidade". Nós cinco abrimos nossos corações sem roteiros, convenções e rótulos... Apenas transbordamos as vivências que carregamos. Foi intenso!

*Lígia Guerra*

 

Lígia Guerra, Thalita Rebouças, Fátima Bernardes Mariliz Pereira Jorge1

O TIME:

Lígia Guerra, Thalita Rebouças, Bruna Lombardi, Fátima Bernardes e Mariliz Pereira Jorge.


quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Relacionamento...


Relacionamentos não foram feitos para tapar rombos emocionais ou passar o tempo. 
O NOME DISSO É EGOÍSMO. 

Relacionamentos existem para que desafiemos o nosso autoconhecimento mesmo diante do risco do abandono e do desamor. Para que fiquemos nus diante das nossas vergonhas mais secretas. Para que tenhamos a força de quebrar em ‘mil pedaços’ os preconceitos que carregamos acerca de nós mesmos. 

Relacionamento é aquilo que na pior das hipóteses nos deixará saudades e lições, boas ou dolorosas… E que na melhor das hipóteses nos fará vestir novas roupagens diante da felicidade da autodescoberta. Diante dessa troca sincera compreendemos que a beleza do caminho está na incompletude que impulsiona o crescimento contínuo de ambos. 
O NOME DISSO É AMOR. 

*Lígia Guerra*

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Só não mude para ser aceito!



O amigo não te procurou, o namoro não vingou, o convite para festa não rolou... Então surge aquela pergunta enraizada das profundezas da insegurança: "O que eu tenho de errado?" Será que a culpa pelo desamor alheio é sempre nossa ou estamos focados em pessoas e em relações anoréxicas que jamais serão capazes de nutrir a reciprocidade do afeto? 

Existem pessoas que não sabem amar, outras que fingem amar quando lhes convém, infelizmente! Se a sua consciência está tranquila , reavalie os seus laços ao invés de ficar se culpando . É preciso compreender que ninguém é obrigado a nos amar, mas forçar uma situação só revela o quanto ‘o outro’ está liberado para abusar da ‘nossa’ autoestima. 

Mude de rota , de ambiente , de atitude ... 
Só não mude para ser aceito! 

 *Lígia Guerra*