Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 30 de julho de 2015

"Encontro" do dia 30 de julho de 2015...

Embora o tema do "Encontro" de hoje tenha sido o 'ciúme entre irmãos'... Aqui só acontece parceria das boas!!! 

Muito obrigada pela sua companhia!!!

- Lígia Guerra -

#ligiaguerraescritora #ligiaguerra #encontrocomfatimabernardes
    

terça-feira, 28 de julho de 2015

Ignore!...


Quando você nasce, a sua alma volta a desabrochar. 
Quando você surge no mundo, ela renasce. E quando você vive com intensidade, sem medos… Ela desperta! 
Não importa qual será a sua aventura nessa jornada. Mais cedo ou mais tarde… A sua alma te provocará. 
Você descobrirá. O insight poderá ser um novo olhar, uma nova inspiração, o abandono da opinião alheia, a certeza de que independente do resultado, valerá a pena. 

Nesse instante mágico, instantâneo, feito um sopro de vento na sua nuca, aflorará um desejo desconhecido de SER, evoluir, superar,sentir, transformar e transformar-se. Sim! Você finalmente encontrou o seu destino. 

Muitas placas de retorno surgirão no caminho. Ignore-as. Tenha a certeza de que o ato de seguir não é insanidade. É certeza. É vida! 

- Lígia Guerra -


domingo, 26 de julho de 2015

Eu quero emoção...



Eu não quero viver apenas aquilo que a vida me oferece... Eu quero mais, muito mais! Então escrevo, canto e encanto, uso todos os artifícios possíveis para convencer a vida a me ofertar também os seus mistérios, aquela parte da existência que faz desabrocharem rosas do peito e borboletas da barriga. Sim, eu quero emoção, diversão, prazer e alegria intensos. Se eu tiver que trilhar sobre a linha tênue que separa a sanidade da loucura, o perigo da segurança ou as minhas crenças das minhas descrenças, eu me arriscarei. Só existe um jeito de saber o que tem do outro lado do rio,atravessando-o! 

 - Lígia Guerra –


Programa Encontro com Fátima Bernardes - Dia 24 de julho de 2015.

Alguém que admiro muito desde sempre. Sou mega apaixonada pela sagacidade, inteligência e força dessa mulher incrível !!! Com a jornalista Marília Gabriela. ✏

 Turminha gente boa!!!




sábado, 25 de julho de 2015

Dia do Escritor...




As palavras me encontraram ainda na infância. Fui abduzida por elas. Nunca mais enxerguei o ato de existir da mesma forma. Descobri que dentro desse mundo havia um outro mundo, praticamente indelével… E nas suas paredes, de forma enigmática para os mais desatentos, estavam escritos os sábios ensinamentos dos anjos. 

Desde então gesto poesia… E como bem sabem as mães, os filhos mudam tudo! Após o nascimento da minha primeira Poesia, vieram outras e mais outras… Com o tempo mais descendentes foram gerados, as Crônicas, os Contos e o Comportamento. Impossível ser mãe de um filho só, após sentir o milagre da vida. 

Nesse dia do escritor agradeço as mensagens lindas que recebi através de todas as redes sociais que nutro e que me nutrem. Acima de tudo agradeço por você cuidar bem da minha prole, dos meus pedaços de vida que coloco em seu colo quase que diariamente. Que os meus amores constelem as melhores emoções no céu da sua jornada. 

Parabéns a todos os meus amigos escritores que dão vida ao inanimado, ao invisível, ao sentimento sufocado e desamparado. Parabéns aos que dão voz e teto para as dores do mundo. Parabéns aos que resignificam caminhos através da cultura, da ciência, das pesquisas, da arte e das histórias esquecidas. Parabéns aos que desafiam as nossas mentes, os nossos limites, os nossos medos, a nossa força e a nossa narrativa. Parabéns aos que são a melhor companhia do mundo em muitos momentos, os melhores conselheiros, amigos, mestres e amantes. 

Muito obrigada aos leitores que nos carregam entre as suas mãos, seus sentimentos e sonhos. Gratidão imensa! 


- Lígia Guerra - 


Em tempo: Em um país tão carente de incentivo cultural, que jamais nos falte ƒé, inspiração e união pelas palavras!!! 

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Esperavam...



Corri sobre os meus medos.
Pisei sobre cada um deles. 
Os meus sonhos me esperavam na linha de chegada. 

- Lígia Guerra -


 

Ela sabia...

E por ser mulher, fêmea, forte, 
independente e guerreira... 
Ela sabia a força que respirava 
em cada batida do seu coração. 

- Lígia Guerra - 

Conheça o fascinante talento de 
Tina Guo!!!



Tua estrada...

Na vida, podemos e devemos ser 
muito mais do que passageiros. 
Desnude a tua estrada

- Lígia Guerra -


terça-feira, 21 de julho de 2015

Fronteiras...


A minha vida mudou no dia em que abandonei 
os meus medos no mar… 
E passei a ser guiada pelo desejo de romper fronteiras

- Lígia Guerra -


segunda-feira, 20 de julho de 2015

Na amizade...


“Existe uma lenda oriental que conta a história de uma árvore que vivia completamente solitária no alto da montanha. Não tinha sido sempre assim. Em tempos passados a montanha estivera coberta de árvores maravilhosas, altas e esguias, que os lenhadores cortaram e venderam. Mas aquela árvore era torta, não podia ser transformada em tábuas. Inútil para os seus propósitos, os lenhadores a deixaram lá. Depois vieram os caçadores das essências em busca de madeiras perfumadas. Mas a árvore torta, por não ter cheiro algum, foi desprezada e lá ficou. Por ser "inútil", sobreviveu. Hoje ela está sozinha na montanha. Os viajantes se assentam sob a sua sombra e descansam.” 

Uma amizade verdadeira é como aquela árvore. Nada precisa ser ofertado. Basta a presença do outro para que nos sintamos felizes. É no bailar dos sorrisos soltos e despretensiosos que surgem os mais belos momentos da existência. Na amizade existe apenas o perfume da alma. Qualquer pão com manteiga vira festividade. Qualquer notícia boba vira brinde. As dores encontram aconchego. A felicidade encontra festa pronta! 

Na amizade suspendemos palavras e acolhemos olhares. Amizades são estrelas cadentes que atingem os corações das pessoas que se querem bem por nada e se amam por tudo. 

Muito obrigada por você existir!!! 

- Lígia Guerra -


O Pequeno Príncipe...


Encontro com Fátima Bernardes dia 16 de julho....

 Tema: Superação.

Esse assunto sempre soma forças com os nossos sonhos!!!

- Lígia Guerra -




quarta-feira, 15 de julho de 2015

Chamam ...



'Deixe-se ser desenhado silenciosamente pela forte atração do que você realmente ama.' Tudo é uma questão de sintonia. Perceba os caminhos que te chamam... O que eles falam sobre você?

- Lígia Guerra -


Entreaberta...


Os anjos pediram para te avisar...  Deixe a porta entreaberta que eles logo, logo... Aparecerão com as melhores notícias para você!!!

- Lígia Guerra -


terça-feira, 14 de julho de 2015

Jamais serei sua meio amiga...


Não me alimento de quases. Jamais serei sua meio amiga... Sua história pela metade... Sequer uma doce lembrança. Prefiro que a tua boca amargue e você me odeie por inteiro. Enredos apaixonados não são insossos. Desejo que você engula as suas mágoas mudas. Mas que ao lembrar de mim o teu coração saia pela boca... O teu ressentimento se transforme em nó na garganta. Que a saudade rasgue teu peito sem compaixão! E que você tenha a certeza que deixou escorrer entre as suas mãos… O amor mais lindo e intenso que já existiu. Aquele que a vida jamais voltará a te ofertar. 

 - Lígia Guerra -